Número 36 . Novembro 2010
Beata Bielewicz
Encarar a vida com atitude positiva

Beata Bielewicz tem 29 anos de idade, é licenciada em Engenharia Civil pela Universidade de Tecnologia de Cracóvia (Politechnika Krakowska) e trabalha na Mota-Engil Central Europe.

Que funções desempenha na empresa e em que área?

Sou directora do Departamento Técnico na Região de Cracóvia.

Como e quando se deu a sua integração no Grupo Mota-Engil?

Comecei a trabalhar para a Mota-Engil Central Europe (MECE) em Agosto de 2005, em Cracóvia.

O que significa para si estar integrada numa estrutura com a dimensão do Grupo Mota-Engil (vantagens e desafios)?

Trabalhar na MECE permite-me alargar conhecimentos no sector da construção civil e adquirir experiência profissional, para além de contribuir para o meu desenvolvimento pessoal através de várias formações e da participação em seminários e projectos organizados pela Mota-Engil. Trabalhar na Região de Cracóvia é sinónimo de desafios diários e de cooperação em equipa num clima de amizade, já que todos visam alcançar um objectivo comum.

Fale-nos um pouco do seu trajecto profissional antes de integrar o Grupo...

A minha carreira na MECE começou em Agosto de 2005 como Engenheira de Campo do Departamento Técnico. Trabalhar nesta área permitiu-me familiarizar com a estrutura e com a natureza específica da empresa, bem como com a empreitada a executar. Em 2007 fui aprovada num exame que me permitiu desenvolver o meu trabalho em estradas. Um ano depois, em Junho, graças ao financiamento concedido pela empresa, completei os meus estudos de pós-graduação em "Gestão de Produção" na Universidade de Ciência e Tecnologia de Cracóvia, tendo sido no início de 2009, promovida a gestora do Departamento Técnico para a Região de Cracóvia, onde tenho exercido funções até hoje.

No seu percurso no Grupo, identifique um projecto, desafio, ou contexto em que tenha gostado particularmente de estar envolvida.

Um dos projectos mais interessantes em que participei "Escola Activa", um programa de gestão internacional desenvolvido em colaboração com a Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica Portuguesa. O desenvolvimento profissional e a melhoria das qualificações em domínios como a economia, a análise financeira e económica, a gestão estratégica, bem como a avaliação prospectiva e marketing, na perspectiva da competitividade global e da gestão num contexto multicultural, foram os principais objectivos desta iniciativa.

O que mais gosta de fazer quando não está a trabalhar?

Fora da actividade laboral pratico desporto. Também gosto de viajar e de fazer montanhismo, sendo que recentemente, fiquei fã da salsa!

Indique um livro e um filme que a tenham marcado e partilhe connosco as razões para as suas escolhas...

De momento ando a ler um interessante livro de Joseph Murphy intitulado "O Poder do seu Subconsciente", que é a sua obra mais importante. Nesta, o autor defende que os processos mentais para lá do nosso consciente e sem a participação deste, que constituem uma parte importante da nossa personalidade, podem ser usados de acordo com as nossas intenções.

Se tivesse oportunidade de viajar no tempo para conhecer qualquer pessoa, quem escolheria (e porquê)?

É uma pergunta difícil. Talvez Marilyn Monroe, para descobrir os seus segredos...

De uma forma geral, que características mais aprecia nas pessoas?

Admiro a franqueza, a diligência, a pontualidade e também a responsabilidade e uma atitude positiva em relação à vida.

Indique uma característica que considere comum à Mota-Engil como Grupo e a si como pessoa, e que considere determinante para continuarmos a construir o futuro.

Ser responsável, trabalhadora...


© 2019 MOTA-ENGIL, SGPS