Número 36 . Novembro 2010
Moçambique
Um país a descobrir

Moçambique tornou-se independente em 1975, na sequência dos acordos de Lusaka assinados pelo governo de Portugal e pela Frelimo, pondo termo a cinco séculos de domínio colonial português.

Democracia parlamentar de carácter presidencialista, o país faz parte integrante da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), Organização da Conferência Islâmica e Commonwealth, simbolizando as suas múltiplas relações de pertença de carácter histórico, económico e cultural.

O território moçambicano situa-se, no plano geográfico, numa extensa faixa da costa oriental da África Austral, ocupando as suas terras baixas costeiras mais de 40% da área total do país.

No seu prolongamento para oeste e para norte, a paisagem é marcada por uma região planáltica representando cerca de 50% do território.

O clima de Moçambique oscila entre o tropical húmido a Norte e subtropical a Sul, com marcada alternância entre as épocas seca e pluviosa.

Ciclicamente, o país tem sido palco de catástrofes naturais de grandes proporções, entre cheias, ventos ciclónicos e períodos de seca acentuada.

O país é dotado de uma extensa rede fluvial de que se destacam os rios Zambeze, Limpopo e Save.

No rio Zambeze situa-se o maior aproveitamento hidroeléctrico do território, através da barragem de Cahora Bassa, cuja albufeira é a quarta maior de África.

Os parques e reservas naturais, de que se destacam o Parque Nacional do Limpopo, o Parque Nacional da Gorongosa e a Zona de protecção natural da reserva do Niassa, constituem importantes locais de preservação da fauna e flora moçambicanas e verdadeiros santuários de biodiversidade.

Moçambique é um dos países do mundo com menor percentagem de população urbana, vivendo cerca de 70% da população em meio rural.

Entre os seus cerca de 20.5 milhões de habitantes, dispersos por uma área de mais de 800.000 km2, a esmagadora maioria da população é constituída por povos bantos pertencentes a cerca de sessenta tribos diferentes, em que avultam os Macuas-Lomués, Tongas, Xonas e Malawis.

  • Outras Notícias
    • Moçambique Oportunidades de Investimento
    • Ler Mais »
    • O Grupo Mota-Engil e o mercado Moçambicano
    • Ler Mais »
    • Moçambique em foco: Ponte sobre o Rio Zambeze
    • Ler Mais »

© 2019 MOTA-ENGIL, SGPS