Número 36 . Novembro 2010
Contas 1º Semestre Mota-Engil

O Grupo Mota-Engil atingiu nos primeiros seis meses de 2009, e também do Plano Ambição 2013, um resultado líquido atribuível ao Grupo de 57,8 milhões de euros. Refira-se no entanto que, se expurgássemos o efeito dos resultados não recorrentes da Martifer ocorridos no segundo trimestre de 2009, o resultado líquido atribuível ao Grupo seria de 14,3 milhões de euros, ligeiramente superior ao montante apresentado em idêntico período do ano anterior (2008:14,1 milhões de euros). O volume de negócios neste primeiros semestre cresceu 14% relativamente a idêntico período de 2008, tendo atingido cerca de 957 milhões de euros. Esta evolução foi possível devido, essencialmente, aos crescimentos verificados nas áreas de Engenharia e Construção e de Ambiente e Serviços. O crescimento da margem EBITDA na área de Engenharia e Construção nos seis primeiros meses de 2009, (9% em 2009, face a 8% no mesmo período de 2008), aliado ao crescimento do volume de negócios neste segmento, possibilitou a obtenção de uma boa performance a nível do EBITDA consolidado (142 milhões de euros em 2009, comparado com 131 milhões de euros em 2008), mesmo com performances nos restantes segmentos ainda afectadas pela conjuntura macro-económica internacional e nacional.

Engenharia e Construção

O volume de negócios da área de Engenharia e Construção no 1º semestre do ano atingiu os 753 milhões de euros (2008: 654 milhões de euros), traduzindo-se num crescimento de 15%. Este crescimento foi obtido, essencialmente, pela performance positiva verificada nos segmentos de Portugal e Angola, no seguimento do que já tinha ocorrido no 1º trimestre do ano. O crescimento da margem EBITDA face a 2008, aliado ao crescimento do volume de negócios neste segmento, possibilitou a obtenção de uma boa performance a nível do EBITDA (65 milhões de euros em 2009, comparado com 50 milhões de euros em 2008) e, consequentemente, um aumento do Resultado Líquido (18 milhões de euros em 2009, face a 11,7 milhões de euros em 2008).

Ambiente e Serviços

A actividade da área de negócios Ambiente e Serviços cresceu cerca de 16%. O volume de negócios no 1º semestre de 2009 ascendeu a 155 milhões de euros (2008: 134 milhões de euros). Com excepção do segmento da Logística, o qual continua a representar a maior fatia da actividade da área de negócio, todos os segmentos cresceram no seu volume de negócios em relação ao ano passado. O EBITDA atingiu cerca de 29 milhões de euros (2008: 33 milhões de euros), correspondente a uma margem EBITDA de 18% (2008: 25%). Embora se tenha assistido a um crescimento ao nível do volume de negócios neste segmento, o decréscimo da margem EBITDA face a 2008 não possibilitou a obtenção de uma melhoria a nível do Resultado Líquido (2,7 milhões de euros em 2009, face a 4,5 milhões de euros em 2008).

Concessões de transportes

No 1º semestre de 2009, o volume de negócios da área de Concessões de transportes ascendeu a 56 milhões de euros, apresentando um ligeiro acréscimo quando comparado com idêntico período do ano passado (+5%). O EBITDA atingiu cerca de 50 milhões de euros, correspondente a uma margem EBITDA de 89% (2008: 90%). Com excepção da concessão Beiras Litoral e Alta, todas as concessões apresentaram crescimento no tráfego e volume de negócios face ao período homólogo.

Performance Bolsista

Os mercados bolsistas começaram a dar sinais de retoma no 2º trimestre de 2009, invertendo a tendência de queda decorrente da crise generalizada que teve início no 3º trimestre de 2008. A performance da evolução do título Mota-Engil superou a dos principais índices de mercado. O volume de acções transaccionadas no 2º trimestre de 2009 foi superior ao do 1º trimestre em cerca de 21%, ainda que o volume do 1º semestre tenha sido ligeiramente inferior ao de idêntico período do ano passado.

  • Outras Notícias
    • Mota-Engil reforça investimento no sector industrial angolano
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil avalia entrada no sector da energia em Angola
    • Ler Mais »
    • ESN inclui Mota-Engil na lista Top Picks
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil no Seminário sobre o Ambiente e a Construção Civil – Desafios e Oportunidades
    • Ler Mais »
    • Casa da Calçada distinguida por amantes do vinho
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil Malawi Consulado honorário em Lilongwe
    • Ler Mais »

© 2018 MOTA-ENGIL, SGPS