Número 36 . Novembro 2010
Resistir no Presente para vencer no Futuro

O Grupo Mota-Engil apresentou no passado dia 31 de Março os Resultados referentes ao exercício de 2008.

E fizemo-lo com o sentido de quem está a cumprir a sua missão.

Uma missão alicerçada em objectivos diversos que passavam não só por metas económicas e financeiras integradas na dinâmica de crescimento ousada que caracteriza o Grupo, como também pela implementação de projectos de diversa ordem que visam, de forma global, garantir as condições de sustentabilidade para os novos desafios que a Mota-Engil assumirá nos próximos anos e que se encontram descritos no Plano Ambição 2013.

Num cenário conjunturalmente adverso, aumentar 33,3% o Volume de Negócios para 1.869 Milhões de Euros, atingir um EBITDA de 311,3 Milhões de Euros (+ 25,3% do que em 2007), obter um Volume de Carteira de Encomendas recorde de 2,6 Mil Milhões de Euros e um Resultado Líquido de 30,6 Milhões de Euros, permite-nos reforçar a liderança nacional e elevar a ambição de aumentar a nossa expressão a nível internacional.

Reafirmámos, através dos Resultados atingidos, que a ambição da Mota-Engil transcende em larga escala o mercado nacional, e o facto de, na área da Engenharia e Construção, termos alcançado 51% do Volume de Negócios nos mercados internacionais, para além de uma maior diversificação das actividades nesses mesmos mercados, demonstra que estamos no rumo certo e com a estratégia e a solidez adequada para os desafios que vislumbramos no futuro.

Os Resultados de 2008, os quais merecerão uma análise cuidada na presente edição do Sinergia, contribuem para a criação de valor accionista, colocando simultaneamente um elevado sentido de responsabilidade em cada um dos 17.776 colaboradores que trabalham diariamente para que a Mota-Engil continue a afirmar-se de forma crescente nos sectores em que actua e de forma consolidada entre as 100 Maiores do Mundo.

A criação de mais de 2.000 empregos no último ano e o Investimento na constituição da Mota-Engil Active School demonstram simultaneamente e de forma inequívoca a preocupação da Gestão em munir a Organização dos meios necessários para catapultar os níveis de desempenho para o que ambicionamos para o futuro do Grupo.

É desta forma, conscientes das dificuldades mas confiantes e altamente motivados, que encaramos os Resultados agora apresentados como um ponto de partida para atingir níveis superiores de actividade e de eficiência nas geografias em que estamos presentes. Captando novas oportunidades e capitalizando o know-how que hoje é detido pelo Grupo em diferentes sectores económicos.

Aos leitores do Sinergia, gostaria de deixar esta mensagem de optimismo e de confiança na estratégia em implementação, mas fundamentalmente na capacidade e no empenho de cada um dos colaboradores do Grupo Mota-Engil, uma realidade empresarial diversificada, inovadora, internacionalizada, com uma gestão empreendedora e com uma estabilidade accionista que nos permite RESISTIR NO PRESENTE PARA VENCER NO FUTURO. 

Jorge Coelho

Presidente da Comissão Executiva


© 2019 MOTA-ENGIL, SGPS