Número 36 . Novembro 2010
Mota-Engil Engenharia
Bloco de Serpa em Fase de Conclusão

Localizado no Distrito de Beja, Concelho de Serpa, junto à margem esquerda do Rio Guadiana, o Bloco de Serpa faz parte integrante do Subsistema de Rega do Ardila, servindo uma área de 4625 hectares. Actualmente em fase de conclusão, o projecto, com um valor de contrato de 25,4 milhões de euros, está a ser executado por um consórcio liderado pela Mota-Engil Engenharia (80%). Os trabalhos, adjudicados pela EDIA (Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S.A.) começaram em Março de 2009.

A empreitada contempla as seguintes execuções: Rede Secundária de Rega de três Sub-blocos; Estação Elevatória de Serpa Norte; Adutor e Reservatório de Guadalupe; Redes de Drenagem e Viária; Sistema de Telegestão e de Testagem da Obra.

A Rede de Rega, com uma extensão total de cerca de 70 quilómetros, desenvolve-se em redor da cidade e é constituída pelos Sub-blocos de Serpa Norte Alto, Serpa Norte Baixo e Serpa Sul. A construção destes Sub-blocos compreende a montagem de condutas de Polietileno de Alta Densidade (PEAD) e de betão armado com alma de aço (BAAA), a execução de todos os órgãos de segurança e exploração (47 câmaras de válvulas, 210 hidrantes, 112 ventosas, 125 descargas de fundo) e o sistema de controlo, monitorização e respectivos ensaios. De realçar o recurso inovador a tubagens de PEAD de grandes dimensões (DN630 a DN1000), que tornou esta obra a primeira a utilizar tubagens desta dimensão em Portugal.

A Estação Elevatória de Serpa Norte é abastecida por uma conduta de aspiração DN2000 e pressuriza duas condutas adutoras independentes - Serpa Norte DN1400 (Caudal máximo de 2250 litros/segundo) e Serpa Guadalupe DN1200 (Caudal máximo 1800 litros/segundo) - através do recurso a 10 grupos principais de eixo horizontal. Foram instalados dois transformadores de potência de 2500 KVA, que asseguram a alimentação da totalidade das cargas a 690 V por um único quadro, com dois sub-barramentos dimensionados para 2500 A.

O Adutor de Guadalupe, com um desenvolvimento de 4,1 quilómetros, assegura a ligação entre a Estação Elevatória de Serpa Norte e o Reservatório de Guadalupe, sendo composto por uma conduta em aço de construção soldada com DN1200.

A execução da Rede de Drenagem do Bloco de Serpa é composta pelo reperfilamento e limpeza de cinco valas trapezoidais, numa extensão de 18,1 quilómetros, e pela construção das obras de arte associadas às valas, nomeadamente aquedutos e quedas/soleiras de fixação.

A Rede Viária estabelece uma ligação entre o perímetro de rega e as povoações envolventes, bem como o acesso aos reservatórios e estações elevatórias. É composta por nove caminhos agrícolas numa extensão de 28,9 quilómetros, com uma plataforma de 5 metros com betuminoso, pela construção de aquedutos, passagem a vau, serventias e outras obras de arte e pelos nós de ligação e respectiva sinalização vertical e horizontal.

O sistema de Telegestão é constituído pelo Centro de Controlo, Unidades Concentradoras e Unidades Locais, sendo a comunicação entre os diversos elementos efectuada via rádio de alta frequência UHF, em tempo real. Serão processados os sinais relativos às bocas de rega e transmissores de pressão e recolhida a informação proveniente dos reservatórios de Serpa Norte e Guadalupe e da estação elevatória de Serpa Norte onde, numa primeira fase, ficará instalado o centro de controlo. Para além do controlo e monitorização dos sinais referidos, este sistema permite o armazenamento de dados e a sua consulta e exportação para programas de facturação.

O apoio e sinergia entre diversas empresas do Grupo foram factores determinantes para o sucesso global do projecto, sendo de destacar: o fornecimento de betão pronto e elementos pré-fabricados pela Mota-Engil Betões e Pré-Fabricados, a utilização de equipamentos Rentaco em todas as fases da obra, a recolha de resíduos pela Triu e o recurso à Manvia para o 1.º ano de manutenção preventiva da empreitada executada.

  • Outras Notícias
    • Mota Engil Engenharia/Ascendi Subconcessão do Douro Interior Pronta em 2011
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil Engenharia/Parque Escolar Primeiro-Ministro inaugura Escola Passos Manuel
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil Engenharia na Vanguarda da Geotecnia
    • Ler Mais »
    • INNOVCENTER a Plataforma Inovadora da Mota-Engil Engenharia
    • Ler Mais »
    • II Passeio de BTT Rentaco 2010
    • Ler Mais »
    • Direcção de Equipamento Portugal e Espanha realiza simulacro no Estaleiro do Porto Alto
    • Ler Mais »
    • A16 Agregado mais leve evitou Demolição de Passagem Inferior
    • Ler Mais »

© 2019 MOTA-ENGIL, SGPS