Número 36 . Novembro 2010
Novicer
Presidentes de Portugal e de Angola inauguram "mais moderna fábrica de tijolos de África"

Os presidentes de Portugal e de Angola inauguraram no dia 20 de Julho, no Cacuaco, próximo de Luanda, a Novicer, a "mais moderna fábrica de tijolos de África", um investimento do Grupo Mota-Engil.

A inauguração teve lugar quando da visita oficial do Presidente da República de Portugal a Angola. Cavaco Silva e José Eduardo dos Santos cortaram juntos a fita vermelha, descerraram uma placa e accionaram o botão que colocou a empresa em funcionamento.

O Presidente do Conselho de Administração do Grupo Mota-Engil  disse tratar-se de um contributo para o trabalho de reconstrução que Angola tem em curso e que irá exigir este tipo de produtos em grandes quantidades.

António Mota adiantou que o Grupo Mota-Engil está em Angola há 64 anos e que "temos uma grande honra de sempre termos sido considerados por parte das autoridades angolanas um parceiro válido e credível".

O Presidente do Conselho de Administração disse ainda que até ao final do ano estará implementada a Mota-Engil Angola, uma parceria entre o Grupo Mota-Engil, a Sonangol e o Banco Privado do Atlântico. Nas palavras de António Mota, "entendemos a Mota-Engil Angola não como uma empresa dedicada exclusivamente ao mercado angolano, mas com um enorme potencial para os mercados vizinhos, onde Angola irá ter um papel enorme no seu desenvolvimento".

Também presente na cerimónia de inauguração, o ministro angolano da Geologia, Minas e Indústria, Joaquim David, disse aos jornalistas que este projecto é exemplo do que as empresas estrangeiras podem fazer em Angola.

Por seu turno, a governadora de Luanda, Francisco do Espírito Santo, referiu que os projectos habitacionais em curso na capital têm agora um elemento que vai dinamizar o seu andamento.

Foi em função destas necessidades que o projecto teve origem.  Segundo referiu o Presidente da Comissão Executiva do Grupo Mota-Engil, Jorge Coelho, "esta fábrica responde a um desafio lançado pelo governo angolano para que os grupos que já estão presentes em Angola entrem na área da industrialização, nomeadamente com produtos que substituam as importações".

Novicer: "a mais moderna fábrica de tijolos de África"

A Novicer, empresa constituída através da Mota-Engil Angola, resultou de um investimento de 27,2 milhões de euros.
O empreendimento industrial ocupa um terreno de 10 hectares e vai empregar 90 angolanos, alguns dos quais vão ter aulas com engenheiros portugueses no centro de formação da Mota-Engil, em Luanda.
A fábrica está preparada para produzir 2 milhões de tijolos por mês.
Em breve irá produzir o chamado "tijolo termo acústico", uma situação inédita em África.
Este novo produto apresenta propriedades acústicas e térmicas que proporcionam um maior isolamento de som e calor, funcionando como base fundamental para a melhoria da qualidade de vida dos utilizadores. O tijolo termo acústico também servirá de auxiliar na criação de um melhor ambiente e disponibilizará condições para a criação de uma plataforma para a chamada "Construção Sustentável".

Além desta unidade, o Grupo Mota-Engil tem ainda em desenvolvimento uma unidade de produção de trefilaria (produtos metálicos), em Benguela, num investimento de 11,5 milhões de euros.

"Angola é de enorme importância para o Grupo Mota-Engil"

Ao assinalar a visita de Cavaco Silva e a expansão do Portal Corporativo do Grupo Mota-Engil, On.ME, a Angola, o Presidente do Conselho de Administração escreveu uma mensagem aos colaboradores que estão em solo angolano.
Nessa mensagem, António Mota referiu que "Angola, hoje como no passado, é um mercado de enorme importância para o Grupo Mota-Engil, numa visão de parcerias com empresas locais, com uma forte aposta na formação de quadros locais e numa perspectiva económica de desenvolvermos todas as actividades em que temos know-how, construção, concessões (PPP), ambiente, logística, portos, energia, etc...
Reforçando este interesse no mercado angolano, em entrevista ao Jornal de Negócios, António Mota anunciou que o Grupo Mota-Engil está a fazer novas parcerias para Angola. O objectivo é "promover a ida de parceiros portugueses com "know-how"" para Angola, podendo "participar no capital".
António Mota acrescentou que já existem interessados, sendo agora o momento de "fazer a análise dos processos e tomar decisões sobre os investimentos".

Estrada da Leba

Na deslocação a Angola, o Presidente da República de Portugal cumpriu o desejo de visitar a Serra da Leba para "ver uma obra notável da engenharia portuguesa, uma estrada célebre que liga o Lubango ao Namibe", conforme qualificou o enviado da SIC.

A Serra da Leba, um dos principais "postais ilustrados" de Angola, fica na Província da Huíla e a reabilitação da estrada foi feita pela Mota-Engil Engenharia.

A ligação rodoviária entre o Namibe e o Lubango tem uma extensão de cerca de 180 km e liga o semi-deserto namibiano à cpital da Huíla.

Grupo Mota-Engil oferece ambulância a Hospital Pediátrico de Luanda 

O Grupo Mota-Engil ofereceu uma ambulância ao Hospital Pediátrico David Bernardino, em Luanda. A oferta teve lugar nas instalações do Hospital, na Maianga. A administradora da Mota-Engil, Isabel Peres, esteve em representação do Grupo, numa cerimónia que contou também com a presença de Maria Cavaco Silva, esposa do Presidente da República de Portugal.

Na imprensa:

"Ter os presidentes de Portugal e Angola na inauguração da "mais moderna fábrica de tijolos de África" é obra. (...) A Mota-Engil, que está há 64 anos em Angola mostra, mais uma vez que continua nas boas graças do governo angolano, o que só pode augurar um bom futuro neste país."
 Expresso

"Viagem presidencial a Angola traz carimbo de sucesso
A visita de Cavaco Silva, só por isso, foi coroada de êxito. Existem depois os pequenos sinais que confirmam esta tese, como o facto de Eduardo dos Santos se ter deslocado ao Cacuaco - arredores de Luanda - na terça-feira para participar na inauguração de uma fábrica da Mota-Engil, cujos parceiros em Angola são a Sonangol e o banco BPA."
Jornal de Negócios

Angola: aposta na formação de quadros locais

Começou a funcionar, no passado dia 16 de Julho, o Centro de Formação do Grupo Mota-Engil em Luanda, um passo determinante para o desenvolvimento de competências técnicas e profissionais dos recursos humanos em Angola.

A abertura do Centro de Formação contou a com a presença do administrador da Mota-Engil em Angola, Gilberto Rodrigues. Uma semana depois, quando da visita do Presidente da República de Portugal a Angola, as instalações contaram com a visita dos Presidentes do Conselho de Administração e da Comissão Executiva, António Mota e Jorge Coelho e de mais dois membros do Conselho de Administração, Ismael Gaspar e Isabel Peres


O Centro de Formação está localizado em Luanda. Está direccionado para jovens externos ao Grupo que pretendam fazer a sua aprendizagem e adquirir as competências necessárias para desenvolver no mercado uma profissão devidamente certificada e também para garantir a aquisição de novas competências aos actuais colaboradores do Grupo Mota-Engil.

O Centro de Formação tem seis salas de aula, uma biblioteca e uma sala de informática. O próximo passo, já em construção, é uma zona de oficinas que servirá de suporte para as valências de artes e ofícios.

O Centro de Formação representou, numa primeira fase, um investimento de cerca de 4.2 M USD e conta ainda com um refeitório e um posto médico.

Para a segunda fase está previsto reabilitar e equipar as restantes zonas oficinais que permitem dotar o Centro de Formação de uma componente prática em todos os cursos.

O objectivo é atingir a capacidade de formação, em simultâneo, de 120 pessoas, em cursos com duração que variam entre 7 a 12 meses.

O corpo docente é constituído por formadores, maioritariamente angolanos, que desenvolvem a sua actividade em universidades e centros de formação e formadores da Mota-Engil Angola que asseguram a formação prática e a tutória dos estágios em contexto real de trabalho.

O arranque do Centro de Formação foi com quatro dos cursos que fazem parte do seu plano pedagógico. Assim, nesta primeira fase, terão inicio os cursos profissionais de Técnico de Obra, Técnico Administrativo, Medidor/Preparador e Pedreiro.

Com o arranque do Centro de Formação, o Grupo Mota-Engil espera desenvolver as competências técnico-profissionais e comportamentais que vão ao encontro das necessidades e recursos das suas estruturas em Angola, contribuindo simultaneamente para dotar o mercado angolano de profissionais qualificados nas suas várias áreas de actuação.

  • Outras Notícias
    • Grupo Mota-Engil aumenta o Volume de Negócios em 2,6 %
    • Ler Mais »
    • Grupo Mota-Engil reforça capacidade na Polónia
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil apoia requalificação da Cadeia do Aljube
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil apoia Estoril Film Festival
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil apoia o Centenário da República
    • Ler Mais »
    • Obras da Mota-Engil em Moçambique superam 300 milhões de euros
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil apoia Fundação Cidade de Ammaia
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil apoia Centro Hípico do Porto e Matosinhos
    • Ler Mais »
    • Grupo Mota-Engil adquire 50% da Geo Vision
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil adquire participação em empresa construtora no México
    • Ler Mais »
    • Grupo Mota-Engil ganha contratos no Peru no valor de 71 milhões de euros
    • Ler Mais »
    • MESP no XIII Encontro do Clube de Serviços Partilhados
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil Construção hospitalar e manutenção
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil Engenharia HospitalCuf Porto começou a funcionar
    • Ler Mais »
    • Novo Hospital de Loures Mota-Engil Engenharia na construção, Manvia assegura a manutenção
    • Ler Mais »
    • Novo Hospital da Terceira Mota-Engil Engenharia na construção
    • Ler Mais »
    • MANVIA - Divisão Saúde "Queremos provocar o mercado"
    • Ler Mais »
    • Mobilidade Tema principal na Reunião de Jovens Quadros
    • Ler Mais »
    • Chefe de Cozinha da Mota-Engil Turismo no Palácio de Belém
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil Turismo acolhe Amarante Ladies Open 2010
    • Ler Mais »
    • Passeio BTT TÂMEGA CLUBE 2010
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil patrocina Forum Anual da OCDE
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil nos Encontros Portugal-China
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil no “Encontro Nacional de Advogados de Empresa”
    • Ler Mais »

© 2019 MOTA-ENGIL, SGPS