Número 36 . Novembro 2010
Grupo Mota-Engil reforça crescimento em 2009

O grupo Mota-Engil registou um resultado líquido de 71,7 milhões de euros em 2009, excluindo interesses minoritários, duplicando os 30,6 milhões apurados um ano antes.

Expurgando os resultados da participada Martifer, o resultado líquido consolidado atribuível ao grupo atingiu em 2009, 31,3 milhões de euros, face a 27,8 milhões de euros em 2008.

O volume de negócios consolidado aumentou 14%, superando 2,1 mil milhões de euros, um desempenho que reflecte a aquisição (no final de 2008) do controlo da Indáqua.

O volume de negócios do Grupo distribui-se por Engenharia e Construção, com 1,7 mil milhões de euros, Ambiente e Serviços, como 333 milhões de euros e Concessões de transportes, com 117,5 milhões de euros, sendo que "o mix de volume de negócios manteve-se estável face a 2008, tendo naquele ano apresentado pesos relativos semelhantes".

O EBITDA é de 304 milhões de euros em 2009. As actividades de Engenharia e Construção contribuem para 44% do EBITDA, Ambiente e Construção contribuiu para 22% e Concessões de transportes para 34%.

A carteira de encomendas do grupo salda-se em 3,6 mil milhões de euros, com os "contratos ganhos no âmbito das concessões das concessões de estradas em Portugal, bem como na Eslováquia".

A Mota-Engil vai pagar um dividendo de 11 cêntimos por acção, valor igual ao do ano passado. No total a empresa pretende entregar aos accionistas 22,5 milhões de euros em dividendos, a que corresponde uma fatia de 31,3% dos resultados líquidos obtidos. À remuneração proposta corresponde uma rentabilidade, ou "dividend yield", de 3,27%.

No âmbito da proposta de aplicação de resultados líquidos, que nas contas individuais ascenderam a 56 milhões de euros, a Mota-Engil transfere para reservas legais 5% deste valor (2,8 milhões de euros) e para reservas livres 30 milhões de euros.

Perspectivas para 2010:

A Mota-Engil anunciou as suas perspectivas para a actividade do Grupo para este ano.

• Crescimento do Volume de Negócios Consolidado de um dígito;

• Área de Engenharia & Construção com crescimento superior a 5% no seu Volume de Negócios, com tendência de estabilização de margens;

• Crescimento do Volume de Negócios da área de Ambiente & Serviços inferior a 10%. Tendência para ligeira recuperação das margens;

• Área de Concessões de Transportes com evolução positiva nos níveis de tráfego e margens recorrentes estáveis;

• Carteira de encomendas acima de 3 mil milhões de euros, suportada na actividade internacional

  • Outras Notícias
    • "Ambição 2013 - Vamos Conseguir" Reunião de Quadros do Grupo Mota-Engil
    • Ler Mais »
    • Assembleia-Geral da Mota-Engil elege novos órgãos sociais
    • Ler Mais »
    • ON.ME Portal Corporativo abrange já mais de 1.200 colaboradores
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil assina acordo com o BERD
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil Angola nasce da Mota-Engil Engenharia
    • Ler Mais »
    • Casa da Calçada com Chave e Garfo de Ouro
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil patrocina “Retratos da República”
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil patrocina I Congresso Internacional de Advogados de Língua Portuguesa
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil patrocina congresso da Associação Portuguesa de Arbitragem
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil com a Rede de Antigos Estudantes da Universidade de Coimbra
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil apoia Ordem dos Advogados
    • Ler Mais »
    • Mota-Engil patrocina Seminário Internacional de Arquitectura
    • Ler Mais »
    • PROJECTO UP “El Perú avanza!”
    • Ler Mais »
    • MESP Central Europe Uma história singular contada no plural
    • Ler Mais »

© 2019 MOTA-ENGIL, SGPS